Select Page

Os estudantes luxemburgueses de medicina já podem aceder, mais facilmente, às universidades francófonas da Bélgica.

O ministro do Ensino Superior, Marc Hansen, e o ministro-presidente da Comunidade Francesa da Bélgica, Rudy Demotte, assinaram, esta semana, um acordo, que facilita o acesso dos estudantes luxemburgueses, com o primeiro ano concluído, ao segundo ano nas universidades belgas francófonas.

O acordo revoga o decreto de 7 de novembro de 2013 e só pode abranger um máximo de 15 alunos luxemburgueses por ano.

Além disso, os hospitais luxemburgueses vão formar estudantes oriundos da Bélgica.

Redação Latina

Relacionados

X