Select Page

O consumo de álcool e de drogas estará na origem de cerca de 60% dos acidentes graves e mortais nas empresas, segundo o estudo “Álcool e Trabalho 2017” da Federação dos Artesãos do Luxemburgo, divulgado esta segunda-feira.

O documento revela que a situação se tem agravado bastante, desde o último estudo da federação, publicado em 2008. Daí para cá, 30% dos acidentes mortais têm resultado do abuso de álcool e 6% do consumo de estupefacientes.

Há empresas onde 15% dos trabalhadores consomem álcool, que acaba por provocar cerca de 25% dos acidentes de trabalho.

Além disso 8,4% dos trabalhadores admitem o consumo de estupefacientes, no local de trabalho.

Este fenómeno também surge associado aos casos cada vez mais numerosos de absentismo e de despedimentos.

Para a Federação dos Artesãos impõe-se, de uma vez por todas, a proibição total do consumo de álcool e de drogas, no seio das empresas.

Redação Latina

Relacionados

X