Select Page

A empresa de construção civil BConstruct, com sede em Crauthem, está à beira da falência.

A informação foi avançada esta sexta-feira à Rádio Latina pela secretária-sindical da LCGB, Liliana Bento. De acordo com esta responsável, 30 trabalhadores arriscam o desemprego e já não recebem ordenado desde o mês de dezembro.

Todos os trabalhadores foram dispensados há dez dias, estando a empresa inativa desde então. Porém, a insolvência ainda não foi decretada pelo Tribunal de Comércio. Desde há uma semana que os pedidos de falência são adiados, o que dificulta ainda mais a situação dos trabalhadores.

Facto é que, enquanto a falência não for decretada, os trabalhadores não podem avançar com as “declarações de crédito” em tribunal, o que também atrasa os procedimentos administrativos.

A Rádio Latina falou com o delegado sindical do pessoal da BConstruct, Mário Moura, que confirma que 80% dos trabalhadores são portugueses.

Segundo Mário Moura os problemas da empresa não se prendem com falta de trabalho. Depois das férias coletivas de verão, a empresa deixou de fornecer o material necessário para as obras, o que já na altura deixou os trabalhadores em alerta.

A falência da empresa BConstruct deverá ser decretada em breve, arrastando 30 pessoas para o desemprego.

Redação Latina

Relacionados

X