Select Page

O primeiro-ministro, Xavier Bettel, acompanhado dos ministros dos Negócios Estrangeiros e da Defesa, cumpre hoje o primeiro de dois dias da cimeira da NATO, na qual as contribuições dos Aliados serão o tema ‘quente’.

Em cima da mesa estarão temas menos fraturantes, como a adaptação da estrutura de comandos da NATO, a luta contra o terrorismo, a defesa cibernética, a iniciativa da prontidão, ou a adesão à Aliança da República da Macedónia do Norte, e outros mais polémicos, como a questão da partilha de custos e responsabilidades entre os Aliados.

Na reunião de hoje, o secretário-geral da NATO deverá repetir o tom otimista e moderado que escolheu para a conferência de imprensa de terça-feira, desmistificando a questão levantada várias vezes pela administração de Donald Trump sobre a fraca contribuição dos Aliados europeus para o orçamento da Organização do Tratado do Atlântico Norte.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, marca presença no evento, sendo a primeira vez na história dos últimos 70 anos que um presidente norte-americano vai a Bruxelas e logo de seguida a Moscovo, para se encontrar com Putin.

Redação Latina/Lusa

Relacionados

X