Select Page

O condutor alvejado pela polícia que morreu na semana passada em Bonnevoie era holandês e não vivia no Luxemburgo.

O Ministério Público divulgou hoje a identidade do indivíduo, depois da realização da autópsia na última sexta-feira. Sabe-se agora que se tratava de um cidadão holandês, de 51 anos, residente na Alemanha.

O homem era conhecido das autoridades judiciárias e policiais luxemburguesas por já ter cometido diversas infrações ao código da estrada no grão-ducado. Em comunicado, o ministério acrescenta que o indivíduo conduzia sem autorização, já que tinha sido sancionado com a inibição de conduzir.

Quanto às causas da morte, a procuradoria escreve que “o homem foi mortalmente atingido por uma bala na quarta-feira passada”.

A investigação ao caso prossegue a cargo da Inspeção Geral da Polícia.

Redação Latina

Relacionados

X