Select Page

Já está a funcionar o novo “Centro Contra a Radicalização – respect.lu”.

O projeto, destinado ao acompanhamento de pessoas confrontadas com extremismo e radicalização violenta, teve luz verde do Conselho de Ministros, há um ano.

O serviço é assegurado pela nova associação SOS Radicalização, fundada em maio, que está sob a alçada do Ministério da Família e Integração.

O “Centro Contra a Radicalização – respect.lu” conta, para já, com quatro psicólogos e um secretário, que trabalham a meio-tempo. A equipa pode vir a ser reforçada.

Na prática, o trabalho da nova estrutura passa pela sensibilização e prevenção da radicalização e pelo aconselhamento e apoio a pessoas radicalizadas e respetivas famílias.

Os serviços prestados pela nova estrutura são gratuitos.

O centro pode ser contactado através do número de telefone 20 60 62 ou do e-mail respect@respect.lu.

Redação Latina

X