Select Page

O elétrico não vai tornar o circulação rodoviária mais fluída na cidade do Luxemburgo. A afirmação é da presidente do Movimento Ecológico.

A três dias da inauguração do primeiro troço do elétrico, Blanche Weber disse à Rádio Latina que é uma ilusão  pensar que este novo meio de transporte vai acabar com os engarrafamentos nas horas de ponta na capital.

Blanche Weber defende que o elétrico simboliza a “mudança de paradigma na mobilidade”. Um “sinal para outra urbanização”, sem esquecer a imagem de uma capital “moderna”.

“Vale a pena investir-se na defesa de um projeto”, diz, então, Blanche Weber. Isto porque a ideia do elétrico na capital nasceu há 25 anos, no Movimento Ecológico.

Blanche Weber, presidente do Movimento Ecológico, a propósito do elétrico, cujo primeiro troço, entre a ponte vermelha e a LuxExpo, no bairro de Kirchberg, é inaugurado no próximo domingo.

Redação Latina (Foto: Luxtram)

Relacionados

X