Select Page

Fábio Godinho quer ir ao encontro da população, em especial dos portugueses, no âmbito do projeto ‘Esch 2022’. A Rádio Latina falou com o ator e encenador lusodescendente, dias depois de se saber que Esch-sur-Alzette foi selecionada para acolher o Ano Europeu da Cultura em 2022, com um projeto intitulado “Remix Culture”.

Fábio Godinho foi um dos artistas convidados para apresentar o projeto aos 12 membros do júri da Comissão Europeia, tendo tido a seu cargo o capítulo relacionado com os imigrantes e, mais precisamente, com a comunidade portuguesa. E é por isso que um dos seus objetivos é envolver mais a comunidade na criação artística.

Um dos projetos concretos chama-se “Tissage” e consiste na criação de um espetáculo através do contacto direto com os residentes de Esch.

Esta será a terceira vez que o país acolhe o Ano Europeu da Cultura, depois de a capital do país ter sido a anfitriã em 1995 e em 2007. Fábio Godinho, irmão do artista plástico Marco Godinho, lembra que a ‘Capital Europeia da Cultura em 2007’ foi um marco importante na sua carreira, e acrescenta que o tema deste ano será – tanto para ele como para o irmão – uma oportunidade de trabalhar com a comunidade portuguesa.

Declarações de Fábio Godinho, um dos artistas envolvidos no projeto ‘Esch 2022’. A cidade do sul vai ser a Capital Europeia da Cultura.

Redação Latina (Foto: Arquivo Rádio Latina)

Relacionados

X