Select Page

“Um número significativo de famílias gasta mais de 40% dos rendimentos em dívidas relacionadas com a compra de casa”.

O alerta é do Observatório da Habitação (OH), que chama a atenção para o facto de os agregados familiares ficaram em situação mais precária, se forem confrontados com um aumento das taxas de juro dos empréstimos à habitação.

Segundo os dados do observatório, os preços das casas têm aumentado cerca de 4,4% por ano, desde 2010, avança, ainda, o observatório.

Em 2015-2016, o aumento chegou, mesmo, aos 5,6% devido, em grande parte, à subida, em 2015, da taxa do IVA.

O observatório sublinha, ainda, que o custo acentuado da habitação cria um obstáculo ao acesso das famílias ao mercado imobiliário e aumenta os riscos de sobrendividamento.

Redação Latina

Relacionados

X