Select Page

Lana Del Rey manifestou o seu apoio a um movimento de bruxas contra o presidente norte-americano Trump.

Se os protestos realizados até agora contra Donald Trump não deram resultado, eis que se arranjou uma solução… diferente.

Através do Twitter a cantora de “Love” publicou uma fotografia sua, toda vestida de negro com uma mensagem enigmática: “24 de fevereiro, 26 de março, 24 de abril, 23 de maio”.

E o que têm de especial? São datas de rituais a serem repetidos nesses dias, e consequentemente, todos os meses até que a missão sejam completada: a demissão do presidente Trump.

As datas correspondem, de acordo com o calendário lunar, à fase em que a lua se encontra em quarto minguante (antes de entrar em lua nova). Para além das datas, Lana lança um apelo aos seus fãs para que juntem “os ingredientes necessários” para que o feitiço resulte.

Segundo o Notícias ao Minuto, são precisos “uma fotografia horrenda de Donald Trump”, a carta de Tarot que representa A Torre, uma vela laranja ou uma cenoura, um alfinete, uma vela branca, tigelas com água e sal, uma pena, um isqueiro ou fósforos e um cinzeiro.

O primeiro bruxedo coletivo, no qual Lana participou, foi realizado na passada sexta-feira (24/02) e seguem-se os próximos nas datas já reveladas, até que Trump abandone a Casa Branca.

Sobre o seu novo álbum, refere a Blitz, do qual fará parte “Love”, single apresentado este mês, Lana Del Rey disse à BBC Radio 2 que será “consciente socialmente”, tendo sido inspirado pelo atual clima político nos E.U.A. e não só.

Relacionados

X