Select Page

Cerca de 1,6 mil milhões de euros é o montante previsto no Orçamento de Estado para 2018 para a área da família. As despesas com este setor deverão assim aumentar 3% relativamente a 2017 e representam 11,06% do orçamento total do Estado.

Os dados foram apresentados esta semana pela ministra da Família, Corinne Cahen, aos membros da Comissão da Família e da Integração.

No que diz respeito à licença parental, a proposta orçamental prevê um envelope financeiro de 165 milhões de euros para o próximo ano. Trata-se de um acréscimo de quase 57 milhões de euros face a 2017, o que corresponde a um aumento de 52%.

O Ministério da Família está a avaliar as repercussões do novo regime de licença parental que entrou em vigor a 1 de janeiro deste ano. Segundo a ministra, muitos pais, sobretudo o pai, beneficiaram deste novo sistema, prevendo-se, no entanto, que as despesas estabilizem nos próximos anos.

Redação Latina

Relacionados

X