Select Page

O Luxemburgo figura entre os Estados-membros da União Europeia (UE) com as menores taxas de jovens que não estão nem empregados, nem a fazer um estágio ou formação, os chamados NEET.

Segundo dados do Eurostat referentes a 2016 – divulgados à margem do Dia Internacional da Juventude, que se assinala este sábado –, o grão-ducado regista cerca de 9% de jovens dos 20 aos 24 anos, que estão sem trabalho, estágio ou a seguir uma formação.

Trata-se de uma das menores percentagens dentro da UE, com o Luxemburgo a aparecer apenas depois da Holanda (6,9%), Malta (8,1%) e Dinamarca (9%). No lado oposto, Itália (29,1%), Roménia (23,6%) e Grécia (23%) lideram a lista dos países onde essas taxas são mais pronunciadas.

Ao nível da UE, são quase cinco milhões os jovens que não estão nem empregados, nem a fazer um estágio ou formação. É o equivalente à população da Irlanda.

Redação Latina

X