Select Page

Foto: Lusa

Cerca de 1 600 pessoas podem perder o seu posto de trabalho no Luxemburgo até 2020, na sequência da saída do Reino Unido da União Europeia.

Estes números resultam de uma simulação do STATEC, sobre o impacto do ‘Brexit’ no Grão-Ducado. As previsões baseiam-se num estudo da consultora PriceWaterHousecoopers (PwC).

O Reino Unido é o quinto parceiro comercial do Luxemburgo, em matéria de exportações e o sétimo, no que toca às importações.

O peso do Reino Unido nas trocas comerciais do Grão-Ducado tem vindo a diminuir, nos últimos dez anos, beneficiando, sobretudo, os mercados extra-europeus. Os metais são os produtos que o Luxemburgo mais exporta para o Reino Unido.

As exportações totais do Luxemburgo ascenderam, em 2015, a 85 mil milhões de euros. 14 mil milhões destinaram-se ao Reino Unido, que também ocupa um lugar relevante no setor financeiro luxemburguês.

Há sete estabelecimentos de crédito britânicos, entre os 141 recenseados na praça financeira nacional.

Cerca de 6 mil cidadãos britânicos viviam no Luxemburgo, em 1 de Janeiro de 2016, o que equivale a 1% da população total.

Redação Latina

Relacionados

X