Select Page

As creches do Luxemburgo só recebem crianças durante o dia.

O acolhimento noturno não existe, reconhece o ministro da Educação, Claude Meisch, numa resposta parlamentar à deputada socialista (LSAP) Taina Bofferding.

O ministro sublinha que o modelo noturno, de guarda de crianças, já foi aplicado no hospital Emile Mayrisch de Esch-sur-Alzette, das 21:50 às 09:00, mas acabou por ser abolido, por falta de procura.

Claude Meisch acrescenta que «a maioria dos pais que trabalham em horário noturno recorre muitas vezes aos assistentes parentais, que podem tomar conta das crianças à noite e, até, aos fins de semana».

O Governo elaborou, entretanto, um projeto de lei, destinado a aumentar o apoio financeiro do Estado aos assistentes parentais que aceitam guardar crianças, à noite e nos fins de semana.

Redação Latina

Relacionados

X