Select Page

A seleção portuguesa de futebol somou hoje o sexto triunfo consecutivo no Grupo B europeu de apuramento para o Mundial de 2018, ao golear as Ilhas Faroé por 5-1, no Estádio do Bessa, no Porto.

O ‘capitão’ Cristiano Ronaldo foi a grande figura lusa, ao apontar o seu quarto ‘hat-trick’ – as quais junta um ‘póquer’ -, com golos aos três, 29 e 65 minutos, o segundo de penálti, passando a somar 78, em 144 jogos, e já 13 na qualificação, em seis.

William Carvalho, aos 58 minutos, e Nelson Oliveira, aos 84, apontaram os outros tentos da formação das ‘quinas’, que passou a somar 18 pontos, para se manter a três da Suíça, enquanto Rogbi Baldvinsson marcou o tento de honra dos forasteiros, aos 38.

Ronaldo marca três, é o segundo melhor marcador europeu e ultrapassa Pelé

Cristiano Ronaldo tornou-se hoje no segundo melhor marcador de sempre de seleções europeias de futebol, ao ‘faturar’ frente às Ilhas Faroé, em jogo de apuramento para o Mundial2018, e ultrapassou o ‘rei’ Pelé na lista mundial.

No Estádio do Bessa, no Porto, Ronaldo marcou aos 03 e 29 e 65 minutos, num encontro do grupo B, e ultrapassou definitivamente o húngaro Sándor Kocsis, com quem partilhava o segundo lugar da lista europeia com 75.

A lista é liderada pelo lendário Ferenc Puskas, que fez 84 golos também pela Hungria, entre 1948 e 1956. Mais tarde, em 1961 e 1962, o antigo avançado representou igualmente a Espanha, mas acabou por nunca marcar.

O capitão da seleção lusa passou a contabilizar 78 golos para já e, a nível mundial, saltou para o sexto posto, ultrapassando em um golo o mítico Pelé, que fez essa marca (77 golos) com o Brasil entre 1957 e 1971.

Ronaldo, que conta 144 jogos por Portugal, fez o seu primeiro golo pela seleção nacional a 12 de junho de 2004, com apenas 19 anos, na derrota frente à Grécia, por 2-1, no primeiro jogo do Europeu desse ano, que decorreu em solo luso.

Dez anos depois, a 26 de junho, o avançado do Real Madrid chegou à marca dos 50 no triunfo por 2-1 sobre o Gana, no Mundial2014, no Brasil, e em março de 2017, perante a Hungria (3-0), no apuramento para próximo Campeonato do Mundo, fez dois no Estádio do Luz e alcançou os 70.

Bruno Alves “indisposto” falhou Ilhas Faroé

O defesa-central Bruno Alves sentiu-se hoje indisposto e foi baixa de última hora na seleção portuguesa que defrontou as Ilhas Faroé, no Porto.

Segundo fonte da Federação Portuguesa de Futebol, o central dos escoceses do Glasgow Ranges “sentiu-se indisposto e ficou no hotel a repousar”, pelo que não participou no encontro.

Bruno Alves tem dois jogos como titular nesta fase de qualificação, ambos frente à Letónia, marcando o quarto golo do triunfo 4-1 em casa e alinhando também os 90 minutos nos 3-0 fora, em 09 de junho, no derradeiro jogo oficial da seleção rumo à Rússia.

O defesa de 35 anos tem 93 internacionalizações por Portugal, tendo marcado 11 golos.

Ficha de jogo

Jogo no Estádio do Bessa, no Porto.

Portugal – Ilhas Faroé, 5-1.

Ao intervalo 2-1.

Marcadores:

1-0, Cristiano Ronaldo, 03 minutos.

2-0, Cristiano Ronaldo, 29 (grande penalidade).

2-1, Rogvi Baldvinsson, 38.

3-1, William Carvalho, 58.

4-1, Cristiano Ronaldo, 65.

5-1, Nélson Oliveira, 84.

 

Equipas:

– Portugal: Rui Patrício, Cédric, Pepe, José Fonte, Eliseu, William Carvalho, João Moutinho (André Gomes, 73), João Mário (Ricardo Quaresma, 59), Bernardo Silva, Cristiano Ronaldo e André Silva (Nélson Oliveira, 81).

(Suplentes: Bruno Varela, Beto, Ricardo Pereira, Fábio Coentrão, Danilo Pereira, André Gomes, Bruno Fernandes, Gelson Martins, Ricardo Quaresma, Bruma e Nelson Oliveira).

Selecionador: Fernando Santos.

– Ilhas Faroé: Gunnar Nielsen, Jónas Tór Naes, Atli Gregersen, Odmar Faero, Viljormur Davidsen, Roaldur Jakobsen, Rogvi Baldvinsson, Solvi Vatnhamar (Kaj Bartalsstovu, 66), Gilli Sorensen, Rene Joensen Karl Lokin, 80) e Joan Edmundsson (Patrik Johannesen, 73).

(Suplentes: Teitur Gestosson, Simun Hansen, Kaj Bartalsstovu, Hordur Ashkam, Ari Jonsson, Eli Nielsen, Karl Lokin, Patrik Johannesen e Klaemint Olsen)

Selecionador: Lars Olsen.

 

Árbitro: Srdjan Jovanovic (Sérvia).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Cedric Soares (15).

Assistência: 25.087 espetadores.

Relacionados

X