Select Page

As obras do elétrico não vão interferir com a realização da edição deste ano da Schueberfouer.

De acordo com o ministro das Infraestruturas, François Bausch, a realização da maior feira popular do país é uma prioridade quer nesta fase de obras, quer após a entrada em serviço do primeiro troço do elétrico, que vai ligar a Luxexpo à Place de l’Etoile.

Os trabalhos nas imediações do parque de estacionamento do Glacis, que este ano acolhe a Schueberfouer entre 23 de agosto e 11 de setembro, deverão estar concluídos no final do mês de julho. Caso isso não aconteça, as obras serão suspensas antes da realização da feira popular.

O governante ecologista indica também que, depois de estar a funcionar, a linha do elétrico que passa pela zona do Glacis será alvo de reajustes, todos os anos, entre o fim de julho e meados de setembro, de forma a permitir que a Schueberfouer decorra dentro da normalidade.

François Bausch nota, no entanto, que a edição deste ano da feira popular vai ter uma superfície 10% inferior à dos anos anteriores, que costuma ser de 45 mil metros quadrados. Mesmo assim, sublinha o governante, o número de feirantes mantém-se “constante”.

Redação Latina

 

 

Relacionados

X