Select Page

O piloto português António Félix da Costa (MS & AD Andretti) foi 11.º na segunda corrida do Mundial de Formula E, na dupla jornada de Hong Kong, num dia em que acabou penalizado nas ‘boxes’.

Depois de ser sexto na primeira corrida em Hong Kong, no sábado, Félix da Costa até prometia um domingo animador, quando seguia na quarta posição, mas um problema técnico fez o piloto perder 20 segundos na paragem na box para a mudança de carro.

“Hoje perdi uma excelente oportunidade de lutar por um pódio, e, se por um lado, estou dececionado com isso, por outro, saio de Hong Kong contente com a nossa performance em pista. Mostrámos que todo o trabalho de preparação deu frutos”, salientou o piloto à sua assessoria de imprensa.

António Félix da Costa sublinhou ter a noção que não tem o melhor carro da grelha, mas uma ‘máquina’ equilibrada, que lhe permite “olhar com otimismo para as próximas corridas”.

Após as duas primeiras corridas, o piloto luso ocupa o nono lugar do campeonato, com oito pontos, resultantes da corrida de sábado, numa competição que é liderada pelo britânico Sam Bird, com 35 pontos.

Na corrida de hoje o vencedor foi o sueco Felix Rosenqvist, que segue em terceiro no campeonato, após as duas primeiras corridas.

A Fórmula E segue para o continente africano, com a próxima prova a ter lugar em Marraquexe, no fim de semana de 13 de janeiro.

Relacionados

X