Select Page

É com o slogan “uma cidade para todos nós” que o LSAP se apresenta às eleições comunais de 8 de outubro na capital do país. São 27 candidatos, dos quais três lusófonos (uma portuguesa; uma portuguesa naturalizada luxemburguesa e um cabo-verdiano).

À Rádio Latina, o cabeça-de-lista Marc Angel afirmou que o fio condutor do programa da secção socialista local é criar uma cidade socialmente coesa, que “não seja só para os ricos”. Uma crítica à atual política comunal da coligação DP/Verdes.

A habitação ocupa um lugar fulcral no programa dos socialistas da capital, que defendem um ordenamento do território centrado nas necessidades das pessoas. Marc Angel considera que a atual política sobre a matéria é propícia à especulação e exemplifica com o projeto do bairro da Cloche d’Or.

Marc Angel diz que há mais escritórios do que prédios residenciais na cidade do Luxemburgo. O que, na sua opinião, levanta problemas de mobilidade, numa capital que qualifica de “sufocada pela circulação”.

Marc Angel, que encabeça a lista do LSAP na cidade do Luxemburgo, da qual fazem parte três candidatos lusófonos.

Redação Latina

Relacionados

X