Select Page

A três meses do fim do ‘roaming’ no espaço da União Europeia (UE), o Instituto Luxemburguês de Regulação (IRL) lembra que nesta fase transitória as operadoras são obrigadas a baixar os preços.

Desde abril do ano passado que as operadoras ficaram impedidas de cobrar mais de que 19 cêntimos por minuto nas chamadas e seis cêntimos nos SMS enviados. Quanto à Internet móvel, o preço não deve ultrapassar os vinte cêntimos por megabyte.

A partir de 15 de junho, com o fim do roaming, os telefonemas, o envio de mensagens e a utilização de Internet móvel no estrangeiro passarão custar tanto como no país de origem.

O sistema dá garantias para evitar abusos, que se baseiam, sobretudo, no princípio de residência ou ligações permanentes a um país da União Europeia.

As operadoras podem comparar, por exemplo, o tráfego doméstico com o de roaming ou a subscrição e uso sequencial de múltiplos cartões SIM pelo mesmo cliente em roaming.

Redação Latina

Relacionados

X