Select Page

Os atletas do Sporting Rui Teixeira e Catarina Ribeiro sagrou-se hoje campeões nacionais de corta-mato longo, em Monforte, distrito de Portalegre.

Coletivamente, na competição masculina, o Sporting acabou por conquistar o título, sagrando-se tricampeão, numa prova em que o campeão em título, Rui Pinto (Benfica), conquistou o segundo lugar do pódio.

“Ser campeão nacional é o sonho de todos. Desde que comecei a correr, apaixonei-me pelo corta-mato. Sempre gostei, treinei a época toda em percurso de corta-mato e hoje consegui realizar o meu sonho”, disse Rui Teixeira.

O atleta do Sporting sublinhou ainda o “despique” que manteve ao longo da prova com o rival Rui Pinto.

O Sporting já tinha garantido o acesso à Taça dos Clubes Campeões Europeus de Corta-Mato em 2019 (seniores masculinos e femininos), como vencedor dos títulos europeus deste ano.

Na competição feminina, a sportinguista Catarina Ribeiro sagrou-se hoje campeã nacional de corta-mato longo e, coletivamente, o Sporting acabou por conquistar o título femininos, apesar da desistência de Jéssica Augusto.

Catarina Ribeiro mostrou-se “satisfeita” e “muito feliz” com a conquista do título, sublinhando que alcançou um resultado ao nível do que tem “trabalhado” nos últimos tempos.

A atleta acrescentou ainda que a prova de Monforte foi “dura”, com um percurso “muito técnico” e com “muita lama”. “Foi bastante duro, mas estou muito satisfeita”, acrescentou.

As atletas do Sporting mantiveram a liderança da prova desde o seu início, imprimindo um ritmo forte ao longo da corrida.

No campeonato nacional de juniores femininos, sagrou-se campeã a atleta do Sporting de Braga Mariana Machado e, por equipas, o título foi entregue ao Sporting.

Nos juniores masculinos, Ruben Sousa, do Sporting, conquistou o título de campeão nacional e o Benfica arrecadou o título por equipas.

Relacionados

X