Select Page

A edição 2018 do Skoda Tour foi uma das edições “mais interessantes dos últimos anos”, para Andy Schleck, presidente do comité de organização da Volta ao Luxemburgo em bicicleta.

Escutado pela Rádio Latina, no final da prova, conquistada este domingo pelo italiano Andrea Pasqualon, Schleck traçou um balanço positivo. Embora tenham sido necessárias algumas alterações de última hora, devido às intempéries, o luxemburguês, vencedor da Volta a França em 2010, mostrou-se satisfeito com a forma como decorreu esta edição.

O presidente do comité de organização da Volta destacou ainda o valor dos corredores que participaram nesta edição. Apostar em grandes equipas é de resto o objetivo para as próximas edições.

O luxemburguês Andy Schleck, presidente do comité de organização do Skoda Tour. A edição 2018 da prova foi conquistada pelo italiano Andrea Pasqualon, da Wanty–Groupe Gobert.

Já o luxemburguês Pit Leyder, da formação luxemburguesa Leopard Pro Cycling, terminou a geral em terceiro lugar, depois do esloveno Jan Tratnik (CCC Sprandi Polkowice), segundo.

Redação Latina

Relacionados

X