Select Page

Não houve detenções no Luxemburgo no âmbito da operação de buscas que envolveu sete países europeus por suspeitas de fraude no futebol belga. Em causa, segundo a imprensa internacional, estão suspeitas de irregularidades na transferência de jogadores e manipulação de resultados na primeira liga de futebol da Bélgica.

A notícia de que a polícia realizou cerca de 60 buscas em sete países, incluindo no grão-ducado, foi tornada pública ontem, ao início da tarde. Pouco depois, surgia a confirmação por parte do Ministério Público (MP) luxemburguês.

Num comunicado, o MP confirma que foram analisados dados de contas bancárias e feitas buscas nas instalações de uma empresa comercial. Porém, acrescenta que a operação não deu origem a detenções ou à abertura de um processo criminal.

O Ministério Público luxemburguês adianta também que não fará qualquer outra comunicação sobre o caso, sublinhando que cabe às autoridades judiciárias de Limbourg, na Bélgica, a decisão de divulgar, ou não, mais informações sobre o caso.

Redação Latina / Lusa

Relacionados

X