Select Page

Taylor Swift vai levar o DJ David Muller a julgamento acusando-o de assédio sexual.

O caso [e a queixa] remonta a 2015, quando o músico tocou indevidamente no rabo da cantora enquanto falava com ela.

“Ele agarrou no meu rabo e eu fiquei em choque. Parada”, disse Swift. Por outro lado, David Muller alega em sua defesa que não o fez com intenção e irá levar várias testemunhas para apoiar a sua versão da história.

Para além disso, desde que o episódio aconteceu, a carreira de Muller terá passado por grandes dificuldades, ficando mesmo arruinada.

O julgamento está marcado para dia 7 de agosto.

Relacionados

X