Select Page

O primeiro-ministro, Xavier Bettel, considera que o programa da visita de Estado de um Presidente da República não deve incluir manifestações religiosas.

Questionado esta sexta-feira pela Rádio Latina, sobre a razão pela qual o Governo luxemburguês não incluiu a peregrinação ao Santuário de Nossa Senhora de Fátima a Wiltz no programa oficial da visita de Estado de Marcelo Rebelo de Sousa ao Luxemburgo. Para o líder do Governo a religião tem um “cariz pessoal”.

 

Marcelo Rebelo de Sousa vem ao Luxemburgo em visita de Estado a 23 e 24 deste mês. A 25 de maio, dia feriado e de peregrinação ao Santuário de Nossa Senhora de Fátima, em Wiltz, o Presidente da República portuguesa participa, a título privado, na celebração cristã que é maioritariamente seguida pela comunidade lusófona.

A visita de Marcelo Rebelo de Sousa acontece cerca de um mês depois da estada do primeiro-ministro, António Costa.

Xavier Bettel diz que está “honrado” pelo interesse que os seus homólogos têm em visitar o país.

 

O primeiro-ministro, Xavier Bettel, falando à Rádio Latina, a propósito da visita de Estado de Marcelo Rebelo de Sousa ao Luxemburgo, nos próximos dias 23 e e 24 de maio.

Redação Latina

Relacionados

X